Select Page

Prevenção Acidentes – Como proceder em caso de avaria súbita na Auto Estrada.

Frequentemente, mas mais em alturas onde se sabe que existem bastantes deslocações e viagens, assistimos aos conselhos dados pelas autoridades para verificar a pressão dos pneus, descansar após duas horas de condução e outros conselhos bastante úteis de modo a minimizar e/ou diminuir a probabilidade de ocorrer um acidente rodoviário. A isto chama-se prevenção acidentes e deve ser encarado sempre com bastante seriedade. Atendendo à área de actuação dos Reboques Car Team gostaríamos de alertar para uma situação inesperada, mas que infelizmente acontece e ninguém está livre a que possa acontecer: Circula tranquilamente numa estrada com duas ou mais vias, e a viatura avaria inesperadamente. O que fazer?

Prevenção Acidentes na Auto Estrada

 

É possível imobilizar o veículo na berma do lado direito?

Embora seja uma situação sempre perigosa, especialmente em auto estrada que se circula a velocidades mais elevadas, se o condutor se aperceber que consegue deslocar o veículo para a berma e preferencialmente a da direita é essa a manobra que deve de imediato efetuar com o máximo precaução mesmo prejudicando mecanicamente o veículo. A paragem na berma é de qualquer modo uma situação bastante perigosa, mas mesmo assim menos perigosa do que o veículo ficar imobilizado na faixa de rodagem.

De imediato deve também sinalizar com a iluminação de emergência, vulgarmente designada 4 piscas e na nossa opinião abandonar imediatamente o veículo, passando para o lado de fora da guarda de proteção (rails) assim como todos os ocupantes do mesmo. Mesmo do lado de fora dos rails, deve manter o máximo de distância possível, preferencialmente entre 50 a 100 metros em frente do mesmo.

Atendendo sempre à segurança, preferencialmente o condutor deverá sinalizar o veículo com o triângulo de sinalização e alertar imediatamente as autoridades da situação e/ou o serviço de emergência 112.

Mantenha a calma e apenas se aproxime novamente no veículo caso já tenham chegado os veículos de emergência, que devidamente sinalização a situação.

O veículo ficou imobilizado na faixa mais à direita

Nesta situação o procedimento é praticamente o mesmo utilizado na berma, mas preferencialmente todos os ocupantes devem tentar sair do veículo pelas portas da direita o mais rapidamente possível. Não é de todo seguro, ir procurar na mala do veículo o triângulo de sinalização, o risco é demasiado elevado para o fazer.

O veículo ficou imobilizado numa das faixas centrais

É incrivelmente alto o risco de acidente nesta situação, e dificilmente há uma resposta correta mas na nossa opinião, além de sinalizar com os 4 piscas a situação e ligar imediatamente para o 112, todos os ocupantes devem permanecer com os cintos de retenção colocados no veículo mantendo a calma, e colocarem uma postura de segurança de modo a estarem preparados para um eventual embate, sem rodarem o pescoço para olhar para trás. Apenas o condutor deverá através do espelho retrovisor tentar aperceber-se se eventualmente o trânsito reduz a velocidade nas 3 faixas e se vai imobilizando. Em caso desta situação acontecer, e o condutor se aperceber que já não existe trânsito a circular é que rapidamente devem abandonar o veículo e afastar-se o mais para a frente possível do mesmo sempre por detrás dos rails de proteção.

Alguns veículos já vêm preparados para se imobilizarem automaticamente e/ou prevenir o condutor de um obstáculo. Caso o mercado automóvel continue a apostar neste tipo de segurança passiva, com o passar dos anos será mais reduzida a probabilidade de acidentes nesta situação, reforçando assim a nossa opinião nestes casos.

O veículo ficou imobilizado na faixa mais à esquerda

A probabilidade de ocorrer um embate violento nesta situação é enorme, visto ser a faixa de rodagem onde por norma se segue a velocidades mais elevadas reduzindo assim o tempo de atuação de quem se depara com uma viatura imobilizada nesta faixa. Sinalize com os 4 piscas a situação, e os ocupantes do veículo devem imediatamente pelas portas da esquerda abandonar a viatura e fugirem o mais possível para a frente do veículo, dentro dos separadores centrais. Só em segurança, ou neste caso com mais segurança, alertar as autoridades através do 112. Nesta situação é muito provável que haja um grave acidente, procedido de outros e embates em cadeia.

Conclusões

O correto procedimento de como evitar um acidente grave nestas situações, pode ser bastante discutido, e haverá sempre opiniões discordantes. A Reboques Car Team sendo uma entidade que está presente em muitas situações de acidente, transmite aqui somente a sua opinião da experiência que tem na estrada, sendo esta a opinião que certamente transmitimos aos nossos familiares.

Ninguém está livre de ter uma avaria mecânica, e dificilmente alguém está preparado para lidar com este tipo de situação. Mas se tivermos uma ideia previamente incutida do melhor que podemos fazer, será mais fácil lidar com a mesma por mais difícil que seja, muito embora voltamos a frisar que a prevenção acidentes deverá por todos ser a melhor forma de atenuar uma situação destas.

Pense em si e na sua família que muitas vezes são os seus ocupantes na estrada, mantenha as distâncias de segurança, do veículo que segue à sua frente e mantenha o seu veículo sempre em condições para ver e ser visto pelos outros condutores. Faça a manutenção adequada à sua viatura, incluindo obviamente componentes chave como os pneus que podem fazer uma grande diferença numa travagem e/ou a circular em condições climatéricas mais difíceis.

Poderão descarregar igualmente da página do IMTT, um manual de primeiros socorros, pois alguns conhecimentos extra poderão ser sempre úteis para a prevenção acidentes.

Deixe-nos a sua opinião, e partilhe este artigo para todos os condutores que conhece de modo a que possam também pensar neste tipo de situação e dar a sua opinião. A prevenção acidentes é importante e pode salvar vidas.